20.09.2016 // comportamento

Olar pessoas, tudo bem? Eu tô aqui de novo pensando na vida. Pra variar. Agora entrou inferno astral e a depressão da velhice is coming vai aparecer por aqui de tempos em tempos.

Outro dia eu resolvi fazer um experimento no Facebook. Publiquei uma foto de um café com um call to action bem simples: me convide para um café. Sabe quantas pessoas deram likes na foto? Onze. E quantas comentaram ou me convidaram para um café? Zero.

 

 

Taí. A gente tá vivendo preso na social media, que teorias falam que de social não tem nada. A gente não se vê mais. A gente não olha mais no olho. As vezes eu fico bem triste com isso, porque também me sinto uma escrava dessa mídia toda hora. As vezes sou eu que não convido as pessoas para um café.

E não é que o contrário não exista também. Recebemos algumas mensagens fofas, até fofas demais de certas pessoas. E na hora de jogar a real, do olho no olho, de marcar uma data e um lugar, elas somem e não tem coragem de assumir o que já declararam na timeline.

Tinder e dating apps já dizem como é o flertar dos tempos atuais: curte minha foto lindona e posada, te curto de volta, dá um match e… vai que rola. Estes apps são o famoso “vamos marcar, amigue!” que fica sempre no vamos marcar, e nunca marca.

Chega de brincar de social media. Vamos brincar de real life.

Me perdoa amigue se um dia eu dei um cano por preguiça, não me deixa ficar em casa – tenho um sério problema aqui. Me perdoa crush se fiquei tempo demais jogando na timeline, e não dei a real. Bora viver, gente.

<3

 

humandrug

 

[ Escrevi ouvindo: Mads Langer ]

por:
Sem Comentários
15.09.2016 // comportamento / música / viagem

Olar. Faz tempo que não passo aqui. Acho que Fabi não se importa se eu invadir um pouquinho né? Para quem não sabe, sempre estou aqui, mas geralmente no backstage, coordenando toda a parte geek do blog. Eu sempre tento voltar a escrever com mais frequência, mas acabo caindo numa rotina surtada de trabalho, ou num abismo profundo de negativismo, pensando ah, não tenho nada interessante pra falar mesmo. E o tempo passa.

Mas vamos lá tirar a poeira dos dedos, e desfazer essa teia de bad vibes da mente. Faz bem pensar em tópicos que não sejam do trabalho, de jobs para entregar ou campanhas para planejar. Aqui eu consigo pensar só em mim, no meu casulo, sem pressão de quando vou publicar algo.

Sabe, de tempos em tempos tenho uns surtos nostálgicos e me pego lembrando dos momentos bacanas que rolaram na minha vida. Das viagens maravilhosas que já fiz. De todo um rolê que a música me proporcionou.

01 02

Lembro quando minha prima me chamou para assistir ao show da banda do namorado dela, e lá conheci uma outra galera que está presente na minha vida até hoje. Isso faz uns bons 13, 14 anos. De amiga a praticamente fotógrafa oficial, acompanhei a Condessa Safira em vários shows, em diferentes cidades, por uma temporada bem longa. Ah, que bons tempos foram estes!

Lembro do rolê Zonapunk, quando trabalhei como colunista voluntária no site. Ia em shows do cenário independente de São Paulo, fotografava e resenhava tudo. Muitas festas, fotos tremidas, flickr bombando. Foi nessa época que conheci o Monno, uma ótima banda mineira atualmente em hiatus, e peguei alguns vôos pra BH pra matar a saudade da música e da galera querida.

04

Lembro com muito carinho de quando a música me deu coragem para fazer a minha primeira viagem internacional sozinha, quando decidi do além, na cara e na coragem, assistir a alguns shows da turnê do Matchbox Twenty e Phillip Phillips nos EUA.

O destino escolhido em apenas alguns minutos foi Nova York. Sempre quis ir para lá, é um destino que já estava certo na minha cabeça há séculos. Só faltava a coragem para ir. Apenas isso. E a coragem veio através da música, da vontade de realizar sonhos que outros julgam irreais, da vontade de me sentir livre, de fazer o que eu quisesse fazer. Viajar sozinha foi uma das melhores coisas da minha vida.

03

Lembro de quando John Mayer finalmente anunciou que faria sua primeira turnê latino-americana da história, e eu não pensei em outra coisa a não ser pedir férias no trabalho e assistir a todos os shows possíveis: Buenos Aires, Rock in Rio, São Paulo. Eu podia tudo pela música, só faltava eu me jogar. Não tenho nem palavras para expressar o que essa experiência foi pra mim, só que foi incrível e extremamente gratificante.

Eu sinceramente não sei o que estou sentindo nesse momento. Sem palavras pra explicar. JUST SPEECHLESS. #MayerIsBack #LunaPark #JohnMayerBsAs Just can’t thank you enought, @mrjcmayer @johnmayer

A video posted by Mari Pereira (@marimaripe) on

Lembro de bater um papo com Zane Carney sobre o Brasil, e de conhecer a música incrível de Tom Crouch num show mega intimista num pub em Londres. Foi tão bacana poder conversar, de pertinho, sem vergonha ou histeria, com alguém que admiro tanto. Foi bem surreal.

05 06

São tantas memórias boas! E é muito gostoso lembrar de tudo isso, e perceber quanto uma música pode fazer uma memória ser tão mais especial. Para mim não tem coisa melhor do que uma trilha sonora ao vivo, na voz dos amigos e dos artistas preferidos. <3

por:
Sem Comentários
25.08.2016 // comportamento

Oi, divas e divos!
Fiquei com vontade de escrever textos sobre comportamento, com indagações pessoais e rotineiras, porque sabe como é: a vida sempre teima em nos desafiar.
Para quem ainda não me conhece, eu sou a Fabi e tenho 33 anos. Bem, é complicado ser uma mulher heterossexual com essa idade. Amigas casando, engravidando do terceiro filho e a cobrança vem: “cadê seu namorado? Você não pensa em casar? Não pensa em ter filhos? Sabia que seus óvulos possuem prazo de validade?”
Eu pensava que só a geração da minha avó – talvez a dos meus pais – fosse tão preocupada com essas questões, apesar de meus pais e minha avó nunca terem esse tipo de inquietação presente. Porém, percebo que a mulher é sempre cobrada nesse sentido, cada idade com seus padrões e parâmetros irreais de comparação.
Uma dúvida que eu sempre tive foi: quem determina o certo e o errado? Que sociedade é essa que acha que tem o direito de estipular o caminho para uma felicidade individual?
Conheço pessoas plurais, assim como sou plural. Não é justamente essa a essência de um ser humano? A vida é realmente uma receita de bolo?

felicidade22

Tenho amigos e amigas casados e muito felizes, assim como alguns são casados e muito infelizes. Tenho amigos que não são casados no papel e tudo bem. Tenho amigos solteiros felizes e infelizes, ou amigos que, apesar de terem casado, não agradaram a família com a escolha de seus respectivos cônjuges. Depois que casam, vem a pergunta: “mas e os filhos?” – apesar de algumas amigas simplesmente não quererem engravidar. “Seriam elas estéreis?”
Ou seja, concluo que a sociedade sempre espera que o tal padrão seja devidamente preenchido, como uma bula intrínseca para o caminho das pedras da vida.

felicidade33

Enfim, vou falar sobre mim, porque não tenho poder para falar sobre os outros nem tenho esse objetivo. Sim, eu gostaria muito de encontrar um grande amor. Alguém que queira me agregar coisas boas constantemente, que estimule meu crescimento e enxergue a minha alma, alguém que não desista de mim no primeiro sinal de dificuldade. Contudo, não estou disposta a me relacionar com qualquer um, apenas para satisfazer um desejo social de colocar uma aliança no dedo. Se for para ser assim, quero que seja especial, quero mergulhar fundo, quero o conto de fadas real. Se for para ser incompleto, ser metade, prefiro ficar solteira. Porque sim, estou solteira, mas não, não estou sozinha. Tenho o amor incondicional da família, uma cachorrinha que me ensina permanentemente a simplicidade de um carinho verdadeiro e amigos que estão ao meu lado para o que der e vier, que gostam de mim como eu sou, vibrando comigo nos meus melhores dias e me tolerando/apoiando nos meus piores momentos.
Eu sei o que é verdadeiro e é só isso que me interessa.

felicidade11

Espero que esse texto te faça entender, caro(a) leitor(a), que você não está só, mesmo que esteja na companhia de alguém. Encare o que faz sua alma transbordar, o que seus instintos te motivem a fazer. Siga seus reais desejos, não o que a sociedade espera de você. Lembre-se: os outros são só os outros e, no final do dia, a única pessoa que vai conviver consigo mesmo é a imagem no espelho.
Até para ser feliz, é preciso ter coragem. Respire fundo e vida intensamente o presente. Siga seu coração e faça suas próprias escolhas. Cada um é o único responsável por construir a própria felicidade.
É como eu sempre digo: quem planta amor, colher amor, seja como for!

Sem Comentários
17.08.2015 // beleza

Eu adoro a marca Granado. Acho que os produtos possuem uma ótima qualidade e as embalagens são muito fofas! Sem contar o precinho amigo que a gente adora, né? Então, vou falar um pouco sobre a minha última compra por lá: produtinhos da linha de chá branco para o corpo!

De acordo com a marca:

“A Granado buscou nas terras de diversas regiões do mundo extratos naturais utilizados há séculos pelos povos nativos. Bebida milenar de origem chinesa, o chá branco é produzido a partir das partes mais nobres da planta Camellia Sinensis. Muito valorizado por suas propriedades antioxidante e revigorante, esse chá é tão especial que antigamente seu consumo era reservado apenas ao imperador”.

Granado Pharmácias | Chá Branco, a nova fragância da linha Terrapeutics

Gente, o cheiro desses produtos é simplesmente maravilhoso! É suave e combina muito com dias mais quentes. Não enjoa, não dá dor de cabeça e é bem agradável. Eu diria que é um fresquinho suave, levemente adocicado. Bem chá mesmo! Acho uma fragrância das mais democráticas!

O sabonete de glicerina limpa as mãos e o corpo sem ressecar. Deixa um aroma delicioso no banheiro! É produzido sem gordura animal, apenas vegetal.
Valor: R$ 14,50

Granado Pharmácias: Sabonete de Glicerina - Chá Branco - Linha Terrapeutics

A manteiga corporal foi uma das minhas grandes paixões, já que sou fã de uma hidratação mais intensa. Minha pele do corpo costuma ficar bastante ressecada, então esse produto é excelente para joelhos, cotovelos e, conforme a sua necessidade de hidratação, pode ser usado no corpo todo. É uma textura densa, sabe? É composta por manteigas de murumuru e cupuaçu, além de óleo de castanha do Brasil e vitamina E. Sem corantes e sem parabenos.
Valor: R$ 36,00

Granado Pharmácias: Manteiga Corporal - Chá Branco - Linha Terrapeutics

Outro item é o óleo suavizante corporal. Pode ser usado durante o banho para ficar mais leve ou depois do banho mesmo, para uma hidratação mais forte. Adorei esse óleo, não precisa aplicar muito produto, rende bem. Gosto bastante desse formato em spray, fica mais fácil para aplicar.
Valor: R$ 20,00

Granado Pharmácias: Óleo Suavizante Corporal - Chá Branco - Linha Terrapeutics

Por último, o hidratante normal. É a melhor opção para quem gosta de um produto mais leve, não tão pesado quanto óleo e manteiga. Gosto de usar nos dias mais quentes, para a pele ficar hidratada e fresquinha.
Valor: R$ 17,50

Granado Pharmácias: Hidratante Corporal - Chá Branco - Linha Terrapeutics

De resto, vale comentar que são boas opções de presente. Eu adoraria ganhar!
E você, já experimentou algo da Granado?

Beijos!

*Esse post NÃO é um publieditorial

Sem Comentários

Insatisfeitos com seus respectivos empregos, um casal queridíssimo de São Paulo resolveu investir em um negócio próprio. Depois de muito matutar na escolha do ramo, conheceram as balas artesanais e o seu processo de produção: o encanto foi imediato. Ambos músicos, a identificação artística com o trabalho manual das balas artesanais foi natural.

Resolveram juntar, quase que literalmente, a fome à vontade de comer.
Nasceu, então, a Maré Doce, com foco na produção de pirulitos e balas artesanais.

O ateliê, como gostam de chamar, instalado na Zona Norte de São Paulo, é o laboratório criativo de ideias de duas pessoas que amam o que fazem.

Olha só que incrível o trabalho deles. Nós já mostramos um pouquinho da arte deles aqui, mas agora tem muito mais – até pirulito Máfia das Divas!

Pirulito Artesanal Máfia das Divas | Maré Doce

Pirulito Artesanal Psicodélico em duas cores | Maré Doce

Doces Artesanais - Balinha Almofada | Maré Doce

Pirulito Artesanal Angry Birds | Maré Doce

Pirulito Artesanal Psicodélico - Frozen (Azul e Branco) | Maré Doce

Pirulito Artesanal Mario & Luigi | Maré Doce

Pirulito Artesanal - Varinha Mágica com ponta de estrela | Maré Doce

Pirulito Artesanal Buquê de Flores | Maré Doce

Pirulito Artesanal Hora da Aventura | Maré Doce

Pirulito Artesanal Psicodélico em duas cores | Maré Doce

Pirulito Artesanal Marilyn Monroe | Maré Doce

Balas Artesanais | Maré Doce

Pirulito Artesanal Minions | Maré Doce

Gostou? Você pode contratar o trabalho deles para festinhas, eventos ou simplesmente para adoçar seu dia! Recomendo demais!

O contato deles:
Facebook: Maré Doce
Instagram: @maredoce

Beijos!

*Esse post NÃO é um publieditorial!

Sem Comentários
16.07.2015 // beleza

O esmalte de hoje, Dior Palais Royal 403, é um dos meus tons favoritos! Seria um cinza de fundo marrom ou um marrom de fundo cinza? Hahaha! Quem me conhece, sabe que eu simplesmente amo cores “indefinidas”, misturadas, que se fundem. Acho essa opção, especificamente, muito elegante e versátil! Por ser neutra, essa cor pode ser usada em qualquer ocasião e com qualquer look! Amo e acho que combina muito com esses dias mais frios!

Dior Palais Royal 403

Esse vidrinho quadradinho da Dior é uma graça, né? Acho o produto ótimo, cobre bem com duas camadas e tem acabamento cremoso, sem cintilância. Dura muito nas unhas.

Dior Palais Royal

Para finalizar, apliquei uma camada desse extrabrilho da Lancôme (Vernis In Love Cristal Quartz) por cima, mas você pode usar qualquer um que tiver em casa.

Lancome extrabrilho

Fica bacana o efeito nas unhas, né? Estou amando, essa cor não enjoa de jeito nenhum.

Dior esmalte palais royal

Os esmaltes da Dior estão por R$ 89,00 na Sephora Brasil. Realmente, o valor é bem salgado. Porém, compensa o investimento se a cor escolhida for uma cor que você usa bastante. Essa, certamente, não tem erro!

Olha só como a Dior arrasa nos esmaltes:

E você, já usou algum esmalte da Dior? Tem algum dessa cor, mas de outra marca?

Beijos!

Sem Comentários
04.07.2015 // beleza / DIY

mdd-massagem-facial

Tônicos faciais são essenciais para o bem estar da pele todos os dias. O tônico de sal rosa é um tipo de talassoterapia – tratamento proveniente de elementos marinhos. A água do mar é um poderoso hiperalimento e tem propriedades anti-sépticas.

Tônicos faciais industrializados tendem a reduzir os poros de maneira instantânea, contudo o efeito é momentâneo. O tônico detox mantém o efeito por mais tempo e é um tratamento a ser realizado a longo prazo.

Sua pele possui enzimas, que necessitam de pequenas quantidades de minerais para funcionar. Após a dissolução do sal no vinagre, esses minerais se homogeneízam na mistura. Ao ser aplicado na pele as enzimas absorvem esse material e desintoxicam automaticamente.

mdd-sal-rosa-do-himalaia

Ando obcecada com o sal rosa e suas propriedades, preparem-se para ouvir muito sobre ele.

Sal Rosa do Himalaia

Proveniente das formações rochosas do Himalaia – na região do Paquistão, o sal rosa não passa por refinamento e na maioria das vezes é colhido a mão de maneira orgânica. Pode variar de forma e coloração – de um coral intenso a um rosa claro – dependendo da região em que é extraído.

Utilizado não só na alimentação por apresentar nível de sódio 50% menor que o sal branco comum, possui propriedades hidratantes ótimas para a pele. Vem sendo usado pela indústria cosmética em forma de esfoliantes e body scrubs.

Seus minerais como magnésio agem retendo o líquido e reforçando a hidratação. Existem estudos que afirmam que além de balancear os eletrólitos do corpo e regular o PH naturalmente, ele elimina toxinas e ajuda na absorção de nutrientes presentes nos alimentos. É altamente recomendado para a saladinha pós treino, pois ajuda a recuperar rapidamente os minerais “perdidos” no suor durante o exercício físico e potencializar a hidratação do corpo.

*Você pode encontrar sal rosa na zona cerealista de São Paulo por R$24,99 kg ou em mercados comuns por um preço um pouco mais alto. Aqui tem por R$45,00kg.

mdd-diy-tonico-facial-detox

Vinagre de Cidra de Maçã

Por ter um ph mais ácido de 4.25 o vinagre é ótimo para equilibrar o ph natural da pele que é algo entre 4.5 e 6.2.

Conhecido por seu efeito rejuvenescedor o é também um estabilizante metabólico e possui alto nível de potássio e pectina. A pectina é uma poderosa aliada para combater a oleosidade da pele e ajuda na remoção de toxinas acumuladas.

*O vinagre de de maçã é facilmente encontrado em mercados ou por R$12,54/534ml aqui.

foto

Modo de Preparo

½ copo de água mineral

2 colheres de chá de sal rosa

2 colheres de chá de vinagre de cidra de maçã

1 recipiente com tampa e estéril

Após ter esterilizado seu recipiente – caso não saiba como fazer isso, clique aqui – com um funil junte todos os ingredientes, tampe e misture. Deixe a mistura repousar por 20 minutos ou até a dissolução completa do sal.

Com a dissolução completa, está pronto para aplicação. Utilize uma bola de algodão ou um disco e aplique pela face limpa e sem resíduos de cremes e maquiagem. Fique atenta para áreas machucadas e com espinhas e se possível as evite. Você pode aplicar de 1 a 3 vezes ao dia antes e após a remoção de cremes e maquiagem.

*Antes de utilizar, verifique se você não possui sensibilidade a nenhum dos componentes e faça um teste na área do pescoço.

Eu uso 3 vezes por semana e adoro o resultado.
Boa Detox!

Nat

Se curtir e fizer, não se esqueça de marcar a hashtag #mdd nas redes sociais! ;]
Fotos: Weheartit e Nat.

Sem Comentários
01.07.2015 // celebridades / moda / trends

Eu, particularmente, adoro usar roupas de tons sóbrios no inverno. Mas, tenho amigas que sentem falta daquela alegria do verão nos looks, ocasião em que geralmente as pessoas preferem usar e abusar das cores. Só que, amiga, deixa eu te contar a minha opinião sobre a grande graça da moda, da personalidade e do estilo: eles são SEUS, revelam o que você tem de melhor, quem você é e quem você quer ser hoje. Resumindo, o que eu quero dizer é que a moda, acima de tudo – ao menos para mim – é uma grande brincadeira! Brincadeira essa em que você é a única e soberana autora! Escolher o seu look é um momento só seu, de puro prazer e diversão! Portanto, quem falou que só no verão você pode usar amarelo, por exemplo? O que “pode” ou “não pode” depende, acima de tudo, do SEU querer! Daquilo que te faz bem, do que te faz feliz e expressa aquilo que você acha que deve expressar. Então, vem comigo para se inspirar e se jogar nas cores nesse inverno!

jaqueta-couro-como-usar28892
Fotos: Reprodução

Como é possível perceber nas imagens, as jaquetas coloridas são versáteis sim! Você escolhe se quer usá-las com calça, saia, vestido, shortinho, combinando com bota, sapatilha, scarpin etc. O leque de opções é bem grande! Vai depender do clima do dia e da sua vontade.
Olha só que lindas as peças escolhidas por Marina Ruy Barbosa e Adriane Galisteu. Já Thaila Ayala optou pela clássica jaqueta preta.

jaquetas-de-couro-coloridas
Fotos: Reprodução

As celebridades adoram essa produção. Ao contrário do que muitas pensam, a jaqueta de couro não é só queridinha das rockers de plantão. Dependendo de como é usada, a peça pode dar até um ar romântico ao look.

jaquetadecouro_montagem
Fotos: Reprodução

É impressionante como destaca qualquer look, né? Você pode brincar com outras cores ou simplesmente colocar um jeans, uma blusinha e jogar a jaqueta colorida por cima. Ficará quentinha e linda!

jaqueta_de_couro_colorida
Fotos: Reprodução

E aí, consegui te convencer a ousar um pouquinho nesse inverno?

Beijos!

(1) Comentário
30.06.2015 // beleza

Quem me acompanha há um tempo sabe que eu sou a louca dos esmaltes, né? Tenho várias cores e marcas na minha coleção, gosto de variar e testar novos produtos sempre. Hoje, vou falar um pouco sobre esse vidrinho que tem sido uma grande paixão: o Givenchy Rose Taffetas! Mas sério, todas as opções dessa linha são lindas, dá só uma espiada:

givenchy01

Fonte: Sephora

O Rose Taffetas (03) é o rosinha fofo da linha. Essa cor é uma das minhas preferidas!
Trata-se de um rosa antigo muito incrível, versátil, deixa as unhas femininas e delicadas. Eu adoro usar batons dessa cor também, então tudo acaba entrando em harmonia. Combina com diversas ocasiões. Olha como fica maravilhoso nas unhas:

IMG_7501

O esmalte cobre bem com duas camadas. Costumo usar extrabrilho para dar um acabamento bacana. O único ponto negativo é o preço salgado: R$ 82,00 na Sephora Brasil. Porém, compensa o investimento se é uma cor que você usa muito, sabe? Sobre a marca Givenchy não tenho nem o que falar, a qualidade é impecável.

Gostou? Já usou algum parecido?

Beijos!

Sem Comentários
29.06.2015 // beleza / comportamento / moda


Tendência sexy de tatuagem abaixo dos seios.

Underboob Tattoo, em tradução literal “tatuagem abaixo dos seios”, é um dos desenhos mais procurados atualmente pelas mulheres nos estúdios de tatuagem.

O conceito desse tipo de trabalho é adaptar um desenho às medidas do tórax da pessoa, de forma a emoldurar o espaço entre os seios. Além de evidenciar uma área linda do corpo, a variedade de possibilidades para esse tipo de tattoo rende resultados lindos.

A dor nesse lugar pode ser um pouco mais aguda – lembro que a sensibilidade a dor pode variar de MUITO em cada um – mas o resultado certamente vale a pena.

Separamos alguns trabalhos e com certeza um deles será amor a primeira vista. <3


Gostou da nossa seleção? Quer sugerir um estilo de tatuagem para nosso próximo post de tattoo? Deixe seu comentário. ;)

xx,
Nat

Sem Comentários