29.06.2015 // beleza / comportamento / moda


Tendência sexy de tatuagem abaixo dos seios.

Underboob Tattoo, em tradução literal “tatuagem abaixo dos seios”, é um dos desenhos mais procurados atualmente pelas mulheres nos estúdios de tatuagem.

O conceito desse tipo de trabalho é adaptar um desenho às medidas do tórax da pessoa, de forma a emoldurar o espaço entre os seios. Além de evidenciar uma área linda do corpo, a variedade de possibilidades para esse tipo de tattoo rende resultados lindos.

A dor nesse lugar pode ser um pouco mais aguda – lembro que a sensibilidade a dor pode variar de MUITO em cada um – mas o resultado certamente vale a pena.

Separamos alguns trabalhos e com certeza um deles será amor a primeira vista. <3


Gostou da nossa seleção? Quer sugerir um estilo de tatuagem para nosso próximo post de tattoo? Deixe seu comentário. ;)

xx,
Nat

Sem Comentários
01.10.2014 // atualidades / beleza

foto:Leandro Bordoni

 

1.       Mais barato nem sempre é a melhor opção.

É bem comum ouvir de clientes que ‘aquele tal estúdio da esquina fez um preço mais barato’ -, e entendo perfeitamente a mania brasileira de barganha, mas quando se trata de algo permanente como uma tattoo, é legal pensar melhor. Quando for barato demais, desconfie! O material pode não ter boa procedência. E vale lembrar que, doenças como Hepatite C e HIV podem ser contraídas através de uma simples tatuagem.

 

2.       Na dúvida, não.

Aquela ideia genial que você teve ontem e vai tatuar hoje! Se não tem certeza absoluta de que é isso que quer, não faça. Nome de namorados, cônjuges também são furada! São o tipo de coisa que 99% das pessoas acabam por cobrir ou remover. A remoção além de dolorida, é bem mais cara que a tatuagem, e deixa marcas. E coberturas nem sempre vão sair exatamente como você quer.

 

3.       Custa muito caro?

Cada tatuador e estúdio têm um valor de sessão ou valor fixo – não espere que aquele fechamento de costas com um dragão lindo seja feito por pouca grana. Seja realista, é um trabalho artístico que, demorou anos para o tatuador dominar, e, provavelmente vai durar mais do que você. Muitos estúdios parcelam e fazem trabalhos grandes por sessão – que pode variar de duas ou mais horas. Converse com o seu profissional e veja como ele trabalha nesse aspecto.

Conheço muita gente que faz o ‘cofrinho tattoo’ – pagar à vista, em alguns casos, pode valer bem mais a pena.

 

4.       Como escolher o tatuador?

Existem muitos profissionais capacitados por aí, e outros nem tanto. O importante é ter seu desenho bem definido. A partir daí, procure saber se o tatuador é especializado no tipo de desenho que você deseja. Olhe o portfólio, peça para fazer um estudo e, o mais importante: ouça o que ele tem a dizer! Muitas vezes, temos ideias que funcionam perfeitamente em teoria, mas na prática é bem diferente. Sua pele não é um papel, nem tudo é tatuável ou permanecerá com a mesma qualidade em longo prazo. Letras pequenas tendem a fechar com o tempo, por exemplo.

 

5.       Dói muito? Qual lugar dói menos?

Sensibilidade à dor é algo bem pessoal.  Já presenciei reações bem diferentes em lugares iguais. Tatuagem dói! Não acredite se te disserem o contrário. A intensidade da dor e o local que dói mais ou menos dependem inteiramente da sua sensibilidade.  Escolher o local por intensidade de dor pode resultar em arrependimento. Escolha de acordo com o que você e o tatuador concordem que resultará em um trabalho bom.

 

6.       Tenho que seguir alguma dieta?

Como qualquer procedimento, recomenda-se reduzir a ingestão de alimentos com efeitos que possam potencializar alguma infecção ou alergia. Alimentos muito gordurosos, como carne de porco e alguns condimentados – pimenta, por exemplo – devem ser evitados.

 

7.       Qual a pomada ideal?

É comum o tatuador recomendar uma pomada ou bálsamo cicatrizante para tatuagens. Antes de comprar a tal pomada, veja se você não tem alguma alergia aos componentes da fórmula. Nesse caso, o mais seguro e correto é pedir uma recomendação ao seu dermatologista. Além de recomendar algo mais adequado para a situação ele pode te auxiliar caso ocorra algum tipo de reação adversa.

 

8.       Posso tomar sol? Quando passar protetor solar?

A pele é uma tela que já possui cor. Lembre-se que, se o sol queima sua pele, sua tatuagem vai queimar também. Alguns pigmentos são mais resistentes à luz solar e desbotam menos. Converse com seu tatuador e explique caso você tome bastante sol.

O protetor solar é importantíssimo na conservação da sua tatuagem, e nesse caso quanto mais, melhor. Se você é adepto ao protetor solar todos os dias, sua tatuagem ficará impecável por anos.

 

9.       Posso coçar? Por quê?

É normal durante o processo de cicatrização, que a área tatuada apresente coceira.  Resista! A coceira é um sinal de que o seu corpo está tentando curar o ferimento, e, ao coçar você expõe o ferimento às bactérias presentes embaixo das unhas e nos dedos.  Uma das bactérias mais comuns é a streptococcus pyogenes, que causa uma infecção fortíssima chamada Erisipela. Infecções como essa, além do óbvio perigo, ainda prejudicam o resultado final da sua tatuagem.

 

10.   Vou precisar retocar depois de quanto tempo?

O retoque depende diretamente do seu cuidado com a tatuagem, tanto no processo de cicatrização, quanto nos anos seguintes. Protetor solar é essencial e hidratação constante também. Cuidando bem, talvez você nem precise em curto prazo. Em média, as mudanças da pele determinam o retoque. Com o passar dos anos, a pele perde sua elasticidade natural e isso altera a tatuagem. Mantenha contato com o tatuador, e ele saberá informar a hora ideal para um retoque.

 

Aqui vai um vídeo explicando o motivo da tatuagem ser permanente. O áudio é inglês então não esqueça de ativar a legenda ;)

 

Com isso em mente, é só encarar a agulha e ser feliz com o resultado! Boa Sorte!

Nat

(2) Comentários
29.08.2013 // beleza / tvmáfia

Perguntem a qualquer um da minha família (caso não acreditem em mim), quando me questionavam o que eu seria quando eu crescesse; eu respondia na lata “Quero ser rockeira para ter tatuagem no braço!”.

Maira Medeiros em sessão de tatuagem com Madhava Zamberlan

Eu cresci e não virei rockeira, mas virei uma pessoa tatuada, sim! Se dependesse de mim eu teria os braços todos fechados desde a adolescência hahahaha! Mas fiz como a minha mãe pediu: esperei ser maior de idade, ter a certeza do que iria tatuar e de que meu ambiente de trabalho não iria pegar no pé! Desde então, pelo menos uma nova tattoo surge no meu corpinho. São 13 tattoos no total, todas em locais normais (menos a da boca, lol), que eu amo muito e marcam momentos incríveis! <3

Enquanto eu estava pintando os cabelos no Novo Arte, a Madhava Zamberlan (que tatua lá), me ouviu dizendo que eu queria tatuar uma âncora e me presenteou com este desenho maravilhoso! Inclusive, muita gente me para para perguntar sobre ele. Na hora H me bateu um medinho, pois esta foi a minha primeira tattoo colorida, mas eu não me arrependi em absolutamente nada! As cores ficaram lindas e eu me encantei pelo trabalho dela!

Para quem ficou na vontade de fazer uma nova tattoo, super indicamos!

MADHAVA TATUAGEM @ NOVO ARTE
R. Fernando de Albuquerque, 31 – Consolação – São Paulo/SP
Informações: (11) 2737-0720

Maira Medeiros e Madhava Zamberlan após a tatuagem ficar pronta!

Produção de video: RocMaya Films | Agradecimentos: Novo Arte

Sem Comentários